Embaixada de Portugal junto da Santa Sé

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Bem-vindo ao sítio da Embaixada de Portugal junto da Santa Sé

IMG 0932

 

Aqui poderá encontrar as principais notícias relacionadas com esta representação diplomática.

Esperamos que as informações aqui tratadas lhe sejam úteis e colocamo-nos à sua disposição para qualquer esclarecimento.

Poderá ler a mensagem de boas-vinda do Embaixador aqui.

 

 


 PROGRAMAÇÃO CULTURAL INSTITUTO PORTUGUÊS DE SANTO ANTÓNIO EM ROMA                 logo ipsar

 

 

Pianista português Vasco Dantas recebe prémio internacional “GianClaudio Chiais”

f829e5a9 2898 463d b098 6d36c4effa63

Concerto do pianista Vasco Dantas.

91cd869b ea01 4719 b231 f7c302faf8b8

Atribuição do prémio "GianClaudio Chiais" a Vasco Dantas.

O pianista português Vasco Dantas foi galardoado com o prémio internacional “GianClaudio Chiais”. A cerimónia teve lugar no passado dia 19 de junho na Embaixada de Portugal junto da Santa Sé, tendo sido antecedida por um concerto do pianista.

Tratou-se da terceira edição deste prémio, dedicado à memória de GianClaudio Chiais e à sua paixão pela música, que reconhece e premeia jovens promissores nesta área, através da atribuição de bolsas de estudo.

Vasco Dantas (1992) é natural do Porto, licenciou-se com distinção pelo Royal College of Music em Londres e obteve, recentemente, o grau de Mestre em Performance junto da Universidade de Muenster. Ao longo do seu percurso foi premiado com cerca de 50 prémios em concursos internacionais e conta com várias atuações como solista e colaborações com orquestras europeias.

98434b4c 671f 4442 9d55 fcb02b92f778

Atribuição do prémio "GianClaudio Chiais" a Vasco Dantas.

e1886174 0a87 4b6a b6fb 6b8984e1982b

Concerto do pianista Vasco Dantas.

Comemorações do Dia de Portugal – Mensagem do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas

 “Caros concidadãos,

            No dia 10 de junho comemora-se uma das datas mais emblemáticas da nossa identidade, com a celebração do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

Tal como vem sucedendo, as cerimónias oficiais, com a presença dos senhores Presidente da República e Primeiro-ministro, vão ter epicentro em Portugal e no estrangeiro, repartindo-se pelos Açores e pelos Estados Unidos da América.

Adicionalmente, o Dia de Portugal será assinalado um pouco por todo o Mundo, nos diversos continentes, graças ao trabalho conjunto da nossa rede diplomática e consular, do movimento associativo português na diáspora e de muitos cidadãos portugueses e lusodescendentes que, a título individual, dão o seu contributo para que a história, a cultura e as tradições de Portugal sejam enaltecidas com particular entusiasmo e significado.

Esse é um sinal inequívoco de que apesar de estarem fisicamente longe, os portugueses no Mundo têm o seu coração em Portugal.

Outro exemplo dessa ligação inabalável foi bem visível no esforço solidário, protagonizado pelas comunidades portuguesas, no apoio aos territórios afetados pelos trágicos incêndios de 2017. Recentemente tive a oportunidade de visitar o concelho de Pedrógão Grande e pude testemunhar a aplicação concreta desses donativos – vindos de comunidades portuguesas residentes em diferentes continentes – e o modo como contribuíram para atenuar as dificuldades materiais dos cidadãos afetados e para reforçar os equipamentos ao dispor dos bombeiros voluntários locais. Este importante contributo chegou não apenas a Pedrógão, mas beneficiou, também, muitos outros municípios sobre os quais recaiu o infortúnio dos devastadores incêndios do passado verão.

Gostaria de terminar com duas notas finais de grande importância.

Aproxima-se a data da votação final, na Assembleia da República, do “recenseamento automático” dos portugueses no estrangeiro. O Governo fez o seu trabalho e provou que é possível concretizar esta importante medida política. Caso ela venha a ser aprovada, pelos senhores deputados, os portugueses no estrangeiro vão receber uma carta a perguntar se querem ser inscritos nos cadernos de recenseamento eleitoral para poderem votar. Deixam de ter que deslocar-se aos consulados, muitas vezes centenas de quilómetros, para se recensearem.

Iremos pôr um fim a uma desigualdade incompreensível entre os portugueses que vivem em Portugal e os portugueses que vivem no estrangeiro. Será importante, então, participar nos futuros atos eleitorais, seja qual for o sentido de voto, para mostrarmos que valeu a pena esta importante mudança nas condições de participação cívica e política das comunidades portuguesas.

Gostaria de reafirmar o empenho do Governo no reforço humano e material dos serviços consulares. Após vários anos marcados por constrangimentos, é agora tempo de repor, gradualmente, a capacidade de resposta dos serviços consulares. Trata-se de uma questão de justiça para os trabalhadores consulares, que todos os dias dão o seu melhor, mas também para os portugueses que por esta via reforçam a sua vinculação a Portugal.

Termino, valorizando e reconhecendo, uma vez mais, o papel protagonizado por todos os portugueses residentes no estrangeiro, que, nas suas dimensões sociais, culturais, económicas e políticas, são uma das mais importantes forças de Portugal e constituem a expressão criadora do nosso humanismo e um exemplo da boa integração de Portugal na vida internacional.

A todos, desejo uma celebração do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas com a alegria, o orgulho e o significado de sempre.

Secretário de Estado das Comunidade Portuguesas

José Luís Carneiro”

Exposição “Estética da Espiritualidade Cristã”

No passado dia 23 de maio, decorreu a inauguração da exposição “Estética da Espiritualidade Cristã”, na galeria do Instituto Português de Santo António em Roma. A exposição, com a curadoria do Prof. Francisco Almeida Dias, é composta por diversos trabalhos do artista João de Sousa Araújo, incluindo obras pertencentes a coleções privadas, ao Colégio Português em Roma e a Sua Santidade o Papa Francisco.

Estiveram presentes na cerimónia de inauguração membros do corpo diplomático e da sociedade romana.

O pintor, escultor, gravador, arquiteto João de Sousa Araújo (12 de novembro de 1929), licenciado pela Escola Superior de Belas Artes de Lisboa, é um dos mais antigos artistas vivos dedicados em grande parte à arte sacra em Portugal, cujos trabalhos lhe mereceram diversos prémios. Algumas das suas obras poderão ser apreciadas nos santuários da Cova da Iria (Fátima) e do Cristo Rei (Almada), na Igreja da Encarnação (Lisboa) e na Catedral de Nampula (Moçambique), na Capela de São José (Charneca da Caparica), na Igreja do Imaculado Coração de Maria (Vale Figueira, Setúbal), entre outras espalhadas por Portugal, Itália, Moçambique, Estados Unidos e Porto Rico.

 

IMG 5407 min

Mons. Agostinho Borges (reitor do IPSAR), Embaixatriz e Embaixador de Portugal, Prof. Francisco Almeida Dias (da esquerda para a direita).

IMG 5424 min

Exposição “Estética da Espiritualidade Cristã”, galeria de arte, IPSAR.

IMG 5422 min

Senhora da Misericórdia (esquerda) e S. Francesco Xavier (direita), 2017, João de Sousa Araújo (obras oferecidas ao Papa Francisco).

IMG 5420 min min

Papa Paulo VI abençoa a primeira pedra do novo edifício do Pontifício Colégio Português em Roma, 1967, João de Sousa Araújo.

Homenagem ao Papa João XXI, Pedro Hispano

No passado dia 19 de maio, o Embaixador de Portugal junto da Santa Sé visitou a cidade de Viterbo, com o fim de homenagear o Papa português João XXI, Pedro Hispano.

O programa iniciou com uma visita às religiosas do Mosteiro Trapista de Vitorchiano, que em breve irão fundar uma comunidade monástica em Miranda do Douro. Seguiu-se um encontro no Complexo S. Carlo (instalações que acolhem a Cátedra de língua portuguesa Pedro Hispano/Camões IC da Università degli Studi della Tuscia). Teve lugar uma apresentação sobre a figura de Pedro Hispano pelo Prof. Doutor Francisco Almeida Dias, com a presença de professores e alunos de língua portuguesa. Em seguida, o Embaixador de Portugal apresentou cumprimentos a D. Lino Fumagalli, Bisbo de Viterbo.

Da parte da tarde, decorreu uma visita ao complexo histórico da Piazza San Lorenzo, com especial destaque para a catedral e o túmulo do Papa João XXI. A jornada de homenagem a Pedro Hispano concluiu com a oferta de flores no cenotáfio do Papa João XXI pelo Embaixador de Portugal, a que se seguiu uma missa, concelebrada pelo Padre Luigi Fabbri, Reitor da Catedral S. Lorenzo e Vigário-Geral da Diocese de Viterbo, e pelo Monsenhor Fernando Matos, Conselheiro Eclesiástico da Embaixada.

 

Galeria Fotográfica:

DSCN1935 min min

Visita ao Mosteiro Trapista de Vitorchiano.

 

Sante 1 min

Apresentação sobre a figura de Pedro Hispano: Prof. Doutor Francisco Almeida Dias e Prof.ª Doutora Cristina Rosa.

Sante 2 min

Apresentação sobre a figura de Pedro Hispano: audiência.

 

Chiara Lazzaretti 1 min

Os estudantes Lorenzo Bernardini, Federico Mossi, Erica Bonucci, Silvia Nocchi, Isabella Krasniqi, Bianca Maria Scipione, Isabella Labellarte, Chiara Lazzaretti e Beatrice Venettilli, com os Embaixadores de Portugal e os Professores Francisco Almeida Dias e Cristina Rosa.

 

DSCN2001 min

Bisbo de Viterbo, D. Lino Fumagalli, e Embaixador de Portugal junto da Santa Sé, António Almeida Lima.

 

Cristiano Cirillo min

Catedral S. Lorenzo, túmulo do Papa João XXI.

 

(Agradecem-se as contribuições fotográficas do Prof. Doutor Francisco Almeida Dias)

Contactos

Villa Lusa, Via S.Valentino, 9
00197 Roma
Italia

+39 06 809 15 81
santase@mne.pt

Mais informação

Ligações úteis

 PATRIARCA

topo

logo letrasMaiores 300x100 1

ipsar

Logotipo Portal das Comunidades Portuguesas

Logotipo Carreiras Internacionais

Logotipo Turismo de Portugal

Logotipo AICEP - Portugal Global

Logotipo Portugal Economy Probe

Logotipo Camões - Instituto da Cooperação e da Língua

Logotipo Instituto Diplomático

7

 a

 b

c

d

e

f

g

h

i