Presidente do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, Embaixador Luís Faro Ramos, encontrou-se no passado dia 28 de janeiro de 2020, no Vaticano, com o Cardeal D. José Tolentino de Mendonça, arquivista e bibliotecário da Santa Romana Igreja. Na ocasião foram discutidas possibilidades de cooperação com vista à facilitação do acesso de investigadores e especialistas portugueses à consulta do rico acervo documental à guarda e tratamento daquelas multiseculares instituições da Santa Sé. O Arquivo Apostólico Vaticano tem origem nos primórdios da fundação da Igreja católica, com a coleção dos documentos papais para consulta exclusiva dos pontífices e depois também da própria Cúria romana, tendo sido aberto à consulta de estudiosos em 1881, por determinação do Papa Leão XIII, tornando-se um dos centros de investigação histórica mais importantes do mundo. Também a Biblioteca Apostólica guarda preciosidades bibliográficas raras e únicas. Ambas as instituições dispõem de escolas, laboratórios e centros técnicos  e de formação relacionados com o tratamento documental.

Na fotografia, o Embaixador Luís Faro Ramos, o Cardeal D. José Tolentino de Mendonça e  o Embaixador de Portugal junto da Santa Sé, António Almeida Lima.

 

39e4e455 add2 4a3f 8831 53b49c730379

  • Partilhe