Embaixada de Portugal junto da Santa Sé

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Museus Vaticanos

A arte, além de ser um testemunho credível da beleza da criação, é também um instrumento de evangelização. Na Igreja existe sobretudo para evangelizar: através da arte …. A Igreja explica, interpreta a revelação (…)

Se o Papa tem os museus é exatamente para isso! Porque a arte pode ser um veículo extraordinário para contar aos homens e às mulheres de todo o mundo, com simplicidade, a boa notícia de Deus que se faz homem por nós, porque quer o nosso bem! E isto é bonito” 

Papa Francisco, citado do website oficial dos Museus Vaticanos

 

Tudo começa com o Papa Nicolo V (1447-1455), que pede ao Beato Angelico para decorar a capela privada – Cappella Niccolina – dos seus aposentos no Palácio Apostólico. Mais tarde, o Papa Alessandro VI Borgia (1592-1503) decide habitar numa zona mais reservada do Palazzo Apostolico e pede a Bernardino di Betto, conhecido por Pinturicchio, para tratar da decoração daquela ala do palácio. Os Pontífices consideravam-se herdeiros legítimos da história romana o que fez nascer os Museus Vaticanos, originariamente como coleções de escultura clássica.
Com a passagem do tempo, principalmente no período do Iluminismo, estes museus renovaram-se e a partir da segunda metade do século XVIII, graças às descobertas fruto de escavações no território romano e da região do Lázio (onde se encontra Roma) e às compras a colecionadores privados e a antiquários, as coleções dos pontífices aumentaram significativamente criando deste modo a fabulosa coleção de arte de que os Museus Vaticanos hoje dispõem.

Os Museus Vaticanos compreendem:

• Museo Gregoriano Egizio
• Museo Gregoriano Etrusco
• Museo Pio Clementino
• Museo Chiaramonti
• Galleria Lapidaria
• Braccio Nuovo
• Museo Gregoriano Profano
• Lapidario Profano ex Lateranense
• Museo Pio Cristiano
• Lapidario Cristiano
• Lapidario Ebraico
• Pinacoteca
• Museo Etnologico
• Padiglione delle Carrozze
• Museo Cristiano
• Museo Profano
• Sala delle Nozze Aldobrandine
• Cappella di San Pietro Martire
• Collezione d’Arte Contemporanea
• Cappella Sistina
• Stanze di Raffaello
• Appartamento Borgia
• Cappella Niccolina
• Cappella di Urbano VIII
• Sala dell'Immacolata
• Sala dei Chiaroscuri

Informações úteis:
Localização
Viale Vaticano snc, 00165 Roma

Como chegar:
Metro: paragens Cipro ou Ottaviano (linha A)
Tram: 19, paragem Piazza del Risorgimento
Autocarro:
49 – paragem Piazzale antistante i Musei Vaticani
32, 81, 982 – paragem Piazza del Risorgimento
492, 990 – Paragem Via Leone IV / Via degli Scipioni

Horários
De 2ª feira a Sábado: 9h às 18h (última entrada 16h)
Último Domingo do mês: 9h às 14h (última entrada 12h30)

 Preços

Bilhete inteiro

16€ sem reserva online

Bilhete inteiro sem fila

20€ com reserva online*

 

Bilhete reduzido
(menores com idades compreendidas entre os 6 e os 18 anos)

8€ sem reserva online

Bilhete reduzido sem fila
(menores com idades compreendidas entre os 6 e os 18 anos)

12€ com reserva online*

 

Bilhete reduzido para estudantes
(até aos 25 anos**)

8€ sem reserva online

Bilhete reduzido para estudantes
(até aos 25 anos**)

12€ com reserva online*

 

*Para reservas online: help.musei@scv.va 
**Possuidores do Cartão Internacional de Estudante ou de outro documento que comprove a sua inscrição naquele ano letivo
Nota: no último domingo de cada mês a entrada é gratuita